quarta-feira, 7 de maio de 2014

Conheça a história do Guarujá e como surgiram as pousadas e hotéis na cidade.



Guarujá hoje é considerado um dos melhores destinos para se passar as férias, com variedade e qualidade nas praias, e que ao longo do tempo desenvolveu grande crescimento também aos setores portuários, hoteleiros, empresariais, imobiliários e de comércio brasileiro. É o local ideal para quem deseja garantir um bom passeio, e de sobra desfrutar das belezas naturais do litoral de São Paulo.

Mas a cidade nem sempre foi assim tão conhecida. Sua história começa em 1502, quando os exploradores portugueses André Gonçalves e Américo Vespúcio a encontraram pela primeira vez, na Ilha de Santo Amaro, até então conhecida como Ilha de Guaimbê. Apesar da descoberta, a hostilidade indígena e áreas pantanosas da época deixaram que a cidade ficasse abandonada por mais de 300 anos, e as atividades econômicas se resumiam a extração de óleo de baleia, pesca e alguns engenhos de açúcar.

Com o passar do tempo, as pessoas que participavam desta economia acabaram formando um povoado, e por um decreto imperial de 1832, Guarujá passou a ter a condição de Vila. Em 1893, já era chamada de Vila Balneária de Guarujá, e possuía igreja, cassino e 46 chalés residenciais. No ano de 1934, a cidade recebeu o título de Estância Balneária e em 1947 passou a ser considerada município, devido ao seu crescimento contínuo.

Foi na década de 70 que Guarujá passou a ser chamado de “Pérola do Atlântico”, por possuir 27 praias que atraiam turistas de todos os lugares do Brasil, inclusive sendo notado internacionalmente. Segundo dados registrados em 2010, a população é de 290 mil e 752 habitantes e a área é de 143,71 km².

Atualmente, as praias mais conhecidas são a da Enseada e a Pitangueiras. Essas praias oferecem um grande setor hoteleiro e gastronômico, onde são encontradas dezenas de pousadas, hotéis e restaurantes. A Praia da Enseada é a mais extensa da cidade, e conta com ciclovias, coqueiros e quiosques, sendo ponto de encontros, shows e muitas atividades no verão. Pitangueiras, urbana e bastante movimentada, é considerada como a praia central de Guarujá, e atrai jovens com a vasta quantidade de bares e restaurantes. Ambas ficam lotadas na alta temporada. Outras praias que valem a pena conhecer são a praia de Pernambuco, situada a 12 quilômetros do Centro, é procurada para a prática de esportes náuticos e banhos de mar, além do Guaiúba, Astúrias e Tombo.

Para pesquisar mais sobre restaurantes, hotéis e pousadas no Guarujá, acesse a página do Guarujá no site Roteiro de Turismo. E para informações sobre outros destinos turísticos, inclusive Bertioga, acesse a home do site Roteiro de Turismo

 Mapa


Praia de Pernambuco 


Praia do Guaiúba

Enseada


Praia das Astúrias



Minha página no Facebook:

Siga-me no Instagram:
@blogdaestelakunzler

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...