quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Clareamento dental


Hoje vou falar um pouco sobre o clareamento dental que fiz recentemente. 
Nada como os dentes branquinhos e bem cuidados, pois sempre dizem que o sorriso é o nosso cartão postal!

Eu concordo com isso e procuro manter meus dentes sempre bem cuidados.
Optei pelo clareamento dental caseiro com o uso da moldeira e o gel. Me senti mais segura, mesmo demorando um pouco mais que o clareamento feito a laser.

Moldeira


O gel que usei é de peróxido de carbamina 16%.
O uso deve ser moderado, pois causa um pouco de sensibilidade aos dentes.

De acordo com o meu dentista, Shizuma Shibata:

Clareamento Dental

O que é?

A coloração dental é um dos fatores que influenciam diretamente na percepção estética dos dentes, por esse motivo o clareamento dental é um dos tratamentos estéticos dentais mais procurados pelos pacientes.  É um tratamento comprovadamente eficaz e eficiente, onde agentes clareadores a base de peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida são utilizados com o intuito de quebrar as longas moléculas de pigmentos, tornando-as menores e mais claras.

Como é realizado?

Antes de iniciar o tratamento é necessário realizar-se uma consulta inicial, onde é feito um exame clínico e verificado os anseios e perspectivas do paciente. Nesta consulta o dentista também diagnosticará a origem do escurecimento dental, a condição bucal do paciente e a presença de fatores que possam impossibilitar o tratamento. Então, a partir de todas essas informações, será determinado o melhor tratamento para cada caso.
Existem basicamente duas técnicas clareadoras: o clareamento caseiro supervisionado pelo dentista; e o clareamento de consultório. No primeiro um agente clareador de baixa concentração (peróxido de hidrogênio de 4 a 10% ou peróxido de carbamida de 10 a 22% é aplicado em uma moldeira personalizada, que então é posicionado sobre os arcos dentais. Já na segunda técnica, aplica-se um agente clareador de maior concentração (peróxido de hidrogênio a 35% ou peróxido de carbamida a 37%) diretamente sobre os dentes pelo dentista.

Quais os riscos?

O tratamento clareador, embora seja um tratamento muito seguro possui seus riscos, principalmente quando não é realizado sob orientação e supervisão de um dentista. O peróxido de hidrogênio na concentração acima de 10% é potencialmente corrosivo à mucosa bucal, necessitando-se de cuidado na sua utilização. Além disso, é comum os relatos de sensibilidade dental, cabe nesse caso ao dentista verificar os fatores predisponentes e verificar a melhor forma de continuar o tratamento, por exemplo, utilizando agentes clareadores com menor concentração ou realizar o tratamento por um período menor. O clareamento dental também é contra indicado para pacientes gestantes e lactantes ou possua reconhecida
hipersensibilidade aos componentes dos agentes clareadores

Resumindo

O clareamento dental é um tratamento simples, eficaz, eficiente e seguro. Além do mais, possui diferentes técnicas clareadoras para alcançar o melhor resultado para cada caso. Porém, é importante salientar, que o principal fator para o sucesso do tratamento clareador é o diagnóstico inicial e o acompanhamento realizado pelo dentista.

Para maiores esclarecimentos, consulte o seu dentista!

Meu tratamento foi assim:

Antes



Depois




Importante: Sempre que for fazer clareamento dental, faça com o acompanhamento de seu dentista, pois os riscos de prejudicar seus dentes é grande.


Shizuma Shibata
Especialista e Mestre em Dentística Restauradora
Doutorando em Dentística Restauradora pela UFSC
shizuma_s@hotmail.com

Atende no Centro Odontológico Gilberto Zorzo
(48) -3222-0061

Referências:


American Dental Association Council on Scientific Affairs. "Tooth whitening/bleaching: treatment considerations for dentists and their patients." Chicago: ADA (2009).

Shulman, Jay D., GERARDO MAUPOMÉ, D. CHRISTOPHER CLARK, and STEVEN M. LEVY. "Perceptions of desirable tooth color among parents, dentists and children." The Journal of the American Dental Association 135, no. 5 (2004): 595-604.

Bernardon, J. K., N. Sartori, A. Ballarin, J. Perdigão, G. Lopes, and L. N. Baratieri. "Clinical performance of vital bleaching techniques." Operative Dentistry 35, no. 1 (2010): 3-10.


Minha página no Facebook:

Siga-me no Instagram:
@estelakunzler

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...